(15)

Projetos de Arquitetura

Projetos de arquitetura se baseiam no conjunto de diversos estudos, análises, desenhos técnicos e representações gráficas que remetem a um imóvel, seja ele inexistente (em processo de construção), ou existente (em processo de reforma).

A falta de planejamento quase sempre leva ao fracasso do processo. Portanto, ao desenvolver o projeto de arquitetura, o (a) profissional da área precisa considerar diversos aspectos e fatores inerentes ao ambiente onde irá trabalhar.

Alguns exemplos são: as características do local, que incluem o seu tamanho, sua topografia, suas regulamentações; as técnicas e materiais de construção a serem utilizados; a funcionalidade e harmonia dos espaços; etc.

Todas as definições que o(a) arquiteto(a) estabelecer para o projeto de arquitetura devem ser registradas em desenhos técnicos, além de documentos essenciais para guiar o trabalho da equipe de construção da obra.

Eu preciso de projetos de arquitetura?

No Brasil, os serviços arquitetônicos precisam ser mais valorizados, pois muitos não entendem a sua importância. Se você quer ter um projeto bem realizado, harmônico e funcional, a resposta é SIM.

Além de otimizar o planejamento da obra, aproveitando cada pedaço do ambiente, o (a) arquiteto (a) auxilia a gastar menos. Ou seja, nada mais é do que um investimento gerador de custo-benefício que irá durar a vida inteira.

Está à procura de um arquiteto para o seu projeto? A NSFaz transforma o seu sonho em realidade. Escritório de arquitetura e construção, presente no mercado desde 2006.

Qual a importância do projeto arquitetônico?

A realização do projeto de arquitetura garante grandes benefícios, assegurando que a obra seja melhor planejada, e cada local tenha detalhes pensados de forma a proporcionar mais qualidade de vida e ainda evitar gastos desnecessários. Sendo assim, o custo-benefício do projeto arquitetônico é ótimo e faz toda diferença.

Confira outras vantagens dos projetos de arquitetura abaixo:

Maior controle dos gastos — o projeto é feito de acordo com o orçamento de cada cliente, além de ter maior previsibilidade dos custos e planejamento de onde cada real será investido, evitando desperdício. Isso porque tem especificações mais detalhadas de todo o processo. Estética — o arquiteto irá criar espaços e ambientes agradáveis, com abordagem estética equilibrada e muita funcionalidade para os seus clientes. Cuidando da iluminação à decoração, dos ambientes internos ao paisagismo, o arquiteto irá se atentar em cada detalhe para deixar o espaço harmônico.

Além disso, existem infinitas opções de materiais, cores, texturas e técnicas que podem ser desenvolvidas, e o arquiteto é responsável por combinar todos os elementos para garantir o melhor ambiente de acordo com a necessidade e estilo.

Segurança — uma das principais funções do arquiteto ao desenvolver o projeto é assegurar que todas as etapas sejam cumpridas de acordo com as normas técnicas. Valorização do imóvel — um imóvel construído com base em um projeto de arquitetura possui mais valor de mercado. Com isso, caso queira vendê-lo no futuro, ele valerá mais.

Existem diferentes tipos de projetos de arquitetura, que podem ser feitos para reformas ou uma construção, de um único ambiente ou de todo o imóvel, podendo ser comercial, residencial, escolar, paisagismo, entre outros.

O que compõe um projeto de arquitetura?

Os projetos de arquitetura têm como principal objetivo definir a melhor forma de construir e organizar os ambientes de uma casa ou edifício, de acordo com as necessidades das pessoas que irão utilizar o espaço.

O arquiteto, ao criar o projeto, precisa pensar em diversos fatores, como as características do local (regulamentação local, tamanho do terreno, topografia), a funcionalidade dos espaços, a beleza, harmonia, o conforto das pessoas (visual, térmico e acústico), as técnicas construtivas e materiais que serão necessários. Tudo isso deve ser desenvolvido de acordo com as leis e normas técnicas.

As soluções determinadas pelo arquiteto serão registradas em desenhos técnicos e documentos que serão utilizados para orientar a construção pela equipe responsável pela obra.

O que compõe um projeto de arquitetura?

Como dito anteriormente, ao fazer o projeto arquitetônico, o arquiteto deve seguir os procedimentos determinados pelas normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). São elas:

  • ABNT/NBR 13532 Elaboração de projetos de edificações – Arquitetura
  • ABNT/NBR 6492 Representação de projetos de arquitetura

Isso irá garantir maior segurança e qualidade ao colocar o projeto em ação.

A realização de projetos de arquitetura conta com diversas etapas e procedimentos, tendo cada uma a sua importância, entre elas estão:

  • Levantamento Planialtimétrico;
  • Estudo Preliminar;
  • Anteprojeto;
  • Projeto Legal (ou projeto de aprovação);
  • Projeto Executivo.

Para elaborar um projeto de arquitetura é fundamental contar com o auxílio de uma empresa especializada e com profissionais aptos no ramo, como a NSFaz, para que assim tenha um projeto eficiente, seguro e que atenda todas as necessidades por um bom custo-benefício.

Qual o preço médio de um projeto de arquitetura?

Caso esteja interessado em saber quanto custa fazer projetos de arquitetura, saiba que o valor pode variar de acordo com o local, tipo de projeto, metro quadrado, entre outros detalhes.

Gostou? Entre em contato agora mesmo com os profissionais da NSFaz e obtenha mais informações sobre as soluções oferecidas pela empresa.

.